19/07/14 · Reblog · 1125 Notes · (Via /source)
Deus tem graça suficiente para resolver qualquer dilema que você enfrentar, para limpar toda lágrima que você chorar e responder toda pergunta que você fizer.
Max Lucado  (via declama)
13/07/14 · Reblog · 27611 Notes · (Via /source)

Mãe, que Deus te proteja, sempre.

13/07/14 · Reblog · 3 Notes · (Via

Pai, que Deus te proteja sempre.

11/07/14 · Reblog · 9758 Notes · (Via /source)
A verdade é que, ninguém vai te entender até que passe pela mesma situação.
O menino do pijama listrado.   (via fotos-e-cores)
11/07/14 · Reblog · 23614 Notes · (Via /source)
Eu gosto de você, mas você erra. Erra ao pensar que vou esperar pra sempre, ao pensar que tenho todo tempo do mundo, erra ao pensar que eu não sofro com sua ausência.
Caio Augusto Leite.  (via fotos-e-cores)
30/06/14 · Reblog · 46377 Notes · (Via /source)
Só estou cansada de perder pessoas, só isso.
The Walking Dead.   (via salvavel)
27/06/14 · Reblog · 6425 Notes · (Via /source)
— Não acha que as vezes você se esforça demais?
— Olhe para mim. Que chance tenho se não me esforçar?
The Big Bang Theory.   (via phottograph-s)
25/05/14 · Reblog · 11840 Notes · (Via /source)
Esse é o problema da dor, ela precisa ser sentida.
A culpa é das Estrelas  (via my-crazy-feelings)
03/04/14 · Reblog · 19723 Notes · (Via /source)
Dizem que a gente tem o que precisa. Não o que a gente quer. Tudo bem. Eu não preciso de muito. Eu não quero muito. Eu quero mais. Mais paz. Mais saúde. Mais dinheiro. Mais poesia. Mais verdade. Mais harmonia. Mais noites bem dormidas. Mais noites em claro. Mais eu. Mais você. Mais sorrisos, beijos e aquela rima grudada na boca. Eu quero nós. Mais nós. Grudados. Enrolados. Amarrados. Jogados no tapete da sala. Nós que não atam nem desatam. Eu quero pouco e quero mais. Quero você. Quero eu. Quero domingos de manhã. Quero cama desarrumada, lençol, café e travesseiro. Quero seu beijo. Quero seu cheiro. Quero aquele olhar que não cansa, o desejo que escorre pela boca e o minuto no segundo seguinte: nada é muito quando é demais.
Caio Fernando Abreu. (via d-iversify)

top ↑